Comissão protege os europeus dos produtos #HazardousChemicals em vestuário e têxteis

| Outubro 12, 2018

Nos últimos 10 anos, a UE reduziu significativamente a exposição dos nossos cidadãos a produtos químicos nocivos, e a Comissão avalia constantemente como melhorar ainda mais a proteção dos consumidores, dos trabalhadores e do meio ambiente. Neste contexto, a Comissão adoptou novas restrições para o uso de substâncias 33 conhecido por causar câncer e problemas de saúde reprodutiva para seu uso em roupas, calçados e outros artigos têxteis.

As novas regras foram adoptadas através da alteração do Regulamento REACH - a legislação química mais avançada e abrangente do mundo. As medidas adoptadas hoje visam proteger a saúde dos cidadãos europeus, limitando a sua exposição a produtos químicos CMR (substâncias classificadas como cancerígenas, mutagénicas e tóxicas para a reprodução), que podem ser particularmente prejudiciais em caso de contacto frequente com a pele humana. Estas novas regras estabelecem limites máximos de concentração para a utilização de substâncias CMR em vestuário e têxteis e proíbem que produtos que excedam esses limites sejam colocados no mercado da UE, independentemente da sua origem de produção. As restrições foram elaboradas com base em recomendações científicas e técnicas da Agência Europeia dos Produtos Químicos e após amplas consultas com as partes interessadas. Serão aplicáveis ​​24 meses após a publicação do regulamento no Jornal Oficial da UE.

A Comissão está também a publicar um guia explicativo sobre a restrição, que estará disponível aqui após a publicação no Jornal Oficial.

Tags: , ,

Categoria: Uma página inicial, Meio Ambiente, EU, Comissão Europeia, Tóxicos