Faça uma doação de € 1 para o Reporter da UE agora

O relatório da Comissão diz que "o emprego e a situação social continuam a melhorar na UE"

| Fevereiro 13, 2018

Com o apoio do forte crescimento econômico, o emprego na UE aumentou mais forte do que o esperado no terceiro trimestre do 2017 e ainda acompanha a queda do desemprego de acordo com o último relatório trimestral sobre a evolução do mercado de trabalho, emprego e situação social na Europa.

A Comissária da Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade Trabalhista, Marianne Thyssen, afirmou: "O crescimento está de volta à Europa. O emprego na UE chega ao mais alto nível, com mais de 236 milhões de pessoas no emprego. Quanto ao desemprego, está diminuindo constantemente. Devemos aproveitar ao máximo essa dinâmica econômica para dar aos cidadãos os direitos novos e mais efetivos que definimos no Pilar Europeu dos Direitos Sociais: condições de trabalho justas, acesso igual ao mercado de trabalho e proteção social decente. Agora devemos garantir que todos os cidadãos e trabalhadores possam se beneficiar desses desenvolvimentos positivos no mercado de trabalho.

"Mais de um ano, o emprego aumentou em 1.7% na UE, o que representa 4 milhões de pessoas, 2.7 milhões deles na zona do euro. Este aumento é principalmente impulsionado por empregos em tempo integral e indeterminado. A taxa de emprego dos idosos 20-64 na UE tem aumentado constantemente nos últimos três anos para 72.3% no terceiro trimestre do 2017, o maior nível de sempre. No entanto, permanecem grandes disparidades entre os Estados membros. Outros indicadores do mercado de trabalho incluídos no relatório trimestral, como a produtividade do trabalho e a situação financeira dos agregados familiares europeus, também confirmam a melhoria da economia européia ".

Mais informações estão disponíveis em este comunicado de imprensa.

Tags: ,

Categoria: Uma página inicial, Emprego, EU, EU, Estratégia 2020 Europa, Comissão Europeia, Os direitos dos trabalhadores