Entre em contato

Bangladesh

O Bangladesh e a UE concordam em lançar um
diálogo abrangente sobre migração.

Compartilhar:

Publicado

on

Durante uma visita à República Popular de Bangladesh por Ylva Johansson,
Comissária Europeia para Assuntos Internos, de 10 a 11 de novembro de 2022, a Comissária Europeia e a Primeira-Ministra Sheikh Hasina anunciaram em conjunto o lançamento de um diálogo abrangente sobre migração.

O Primeiro-Ministro agradeceu à UE e aos seus Estados-Membros pelo seu apoio aos cidadãos do Bangladesh que fugiram da guerra na Ucrânia no início deste ano.
O Comissário também teve reuniões com o Ministro de Assuntos Internos de Bangladesh e o Ministro de Bem-Estar de Expatriados e Emprego no Exterior.


Em sua missão, a comissária anunciou mais 3 milhões de euros em financiamento para a resposta humanitária aos rohingyas, que serão implementados pelo ACNUR para apoiar as atividades em Bhasan Char. A UE reiterou o seu apreço pelo papel generoso e pela ação do Governo e do povo do Bangladesh no acolhimento temporário de um milhão de Rohingya deslocados à força de Mianmar durante mais de cinco anos.

Tanto a UE como o Governo do Bangladesh sublinharam a necessidade do regresso voluntário, seguro, digno e sustentável dos Rohingya a Mianmar.

Durante a visita do Comissário, o Governo do Bangladesh e a UE concordaram em lançar um diálogo abrangente sobre questões relacionadas com a migração.
Isso abrangerá todos os aspectos relevantes da gestão da migração, incluindo vias legais para a migração para a Europa e abordagem da migração irregular e contrabando de migrantes e cooperação reforçada contínua em retorno e reintegração.

Foi acordado intensificar os preparativos para o lançamento de uma Parceria de Talentos com o Bangladesh para facilitar o trabalho e a vida nos Estados-Membros da UE interessados ​​para cidadãos do Bangladesh qualificados.
A celebração dos 50 anos das relações UE-Bangladesh foi lançada oficialmente com a inauguração do logótipo do aniversário.

O Comissário Johansson também se encontrou com representantes da ONU e da sociedade civil e visitou projetos apoiados pela UE implementados pela OIM e BRAC em estreita cooperação com o Governo do Bangladesh para ajudar na reintegração sustentável dos migrantes do Bangladesh que regressam dos Estados-Membros da UE.

Anúncios


Refletindo sobre sua visita, a Comissária Johansson comentou: “Esta é minha primeira visita a Bangladesh. Tenho o prazer de testemunhar em primeira mão o dinamismo que caracteriza nossas relações em tantos campos. Com base no forte compromisso contínuo e no progresso no retorno e reintegração de migrantes irregulares e na cooperação aprimorada para lidar com a migração irregular, incluindo o contrabando de migrantes, estamos levando adiante nossa cooperação em áreas-chave, como caminhos legais de migração para cidadãos de Bangladesh viverem e trabalharem na Europa. Há muito potencial para ampliar nosso engajamento, inclusive por meio do novo
diálogo abrangente sobre migração”.

Seu homólogo de Bangladesh, o Ministro de Assuntos Internos, disse: “Bangladesh e a UE têm compromissos multidimensionais e em constante expansão, inclusive em questões de migração e tráfico de pessoas.

Estamos trabalhando em conjunto com a Comissão Europeia para trazer de volta nossos cidadãos verificados que não estão autorizados a permanecer nos Estados Membros da UE. Instámos a UE a criar mais vias legais de migração para os nossos cidadãos e a defender os princípios humanitários relevantes ao lidar com os migrantes, independentemente do seu estatuto. Nosso governo está pronto para se envolver com nossos parceiros internacionais no combate à ameaça do tráfico e crimes transnacionais relacionados. Esperamos que o Diálogo sobre Migração com a UE ajude a promover ainda mais essa cooperação.”

Compartilhe este artigo:

O EU Reporter publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do EU Reporter.

TENDÊNCIA